Palavra da Presidente do Congresso

402

Prezado(a)s colegas,

Em agosto de 2019 recebemos a missão de presidir e organizar o VI Congresso Internacional e XXVI Congresso Nacional da ABENEPI. Sabendo do enorme desafio que a missão exigia, começamos a trabalhar imediatamente, de modo a realizar um grande evento. A definição das comissões (organizadora e científica), tema diretivo (“Admirável mundo novo”), logomarca, escolha da cidade sede (Campinas/SP) e outras iniciativas foram definidas nos primeiros meses de trabalho. 

Entretanto, em março de 2020, fomos surpreendidos pela pandemia (COVID-19) e fomos inseridos num mundo totalmente desconhecido, fato que nos levou a pensar no adiamento do congresso. 

Um ano se passou e nesse período a ciência vem buscando e apontando caminhos para a superação da pandemia. Porém, ainda hoje (e possivelmente por um bom tempo), os eventos presenciais não poderão acontecer. No Brasil, por exemplo, vivemos o pior momento em relação às taxas de infecção e de mortalidade. 

No que diz respeito às crianças e adolescentes, os dados indicam que estas não são tão afetadas pela COVID-19 quanto os adultos. Entretanto, há indicativos de que a saúde e o futuro dessa população estão em risco, podendo gerar prejuízos na idade adulta. Problemas emocionais, ansiedade, dificuldade de atenção e concentração, dificuldade de aprendizagem, agravamento de transtornos preexistentes (como TEA, TDAH, Depressão, Transtornos de Aprendizagem, TOC, dentre outros), vem sendo frequentemente relatados. 

Sendo assim, consideramos que cabe à ABENEPI a responsabilidade discutir com a sociedade estes e outros temas que acometem a infância e a adolescência. Do mesmo modo, à ABENEPI compete a iniciativa de propor medidas de prevenção, reabilitação, superação e/ou minimização de problemas inerentes à essa população, não só neste momento singular, como também no novo cenário que certamente se descortinará após a pandemia.

Diante do exposto e considerando a impossibilidade de se realizar eventos presenciais, realizaremos o VI Congresso Internacional e XXVI Congresso Nacional da ABENEPI no formato virtual, no período de 23 a 29 de agosto de 2021.

Constituído por conferências, palestras, painéis, cursos e mesas redondas, o programa científico do Congresso ABENEPI 2021 foi cuidadosamente elaborado com o intuito de oferecer o que há de melhor em termos de cientificidade, vivência e experiência prática. Para tanto, foram convidados pesquisadores e especialistas do Brasil e do exterior, reconhecidamente competentes em sua área de atuação. 

A ideia é propiciar um amplo espaço de discussão, envolvendo profissionais da saúde e da educação, que tenham em comum o interesse e o cuidado pelas questões da infância e adolescência. 

Por se tratar de um evento virtual e com o intuito de interferir o mínimo possível nas atividades e funções rotineiras dos participantes, o programa será realizado no período noturno (entre 23 e 27 de agosto) e no final de semana (nos dias 28 e 29 de agosto). 

Em momentos e locais específicos, os congressistas terão a oportunidade de interagir “on line” com os conferencistas e também com seus pares, fato que possibilitará agregar e compartilhar conhecimentos. 

Além disso, com o intuito de dar visibilidade aos temas livres, fato nem sempre possível num evento presencial, os mesmos estarão disponíveis aos inscritos com duas semanas de antecedência do início do congresso. Assim, haverá possibilidade de interagir, questionar e debater pesquisas, práticas e experiências. 

Outras iniciativas inovadoras ocorrerão e serão divulgadas em tempo oportuno, no site do congresso e pelas redes sociais. 

Do exposto, acreditamos que os profissionais da saúde e da educação (psiquiatras da infância e adolescência, neuropediatras, pediatras, neuropsicólogos, psicólogos, fonoaudiólogos, psicopedagogos, fisioterapeutas, psicomotricistas, terapeutas ocupacionais, educadores, professores, dentre outros) encontrarão um amplo espaço para discussão, interação e aquisição de novos conhecimentos.  

Esperamos você no Congresso ABENEPI 2021! 

Sonia das Dores Rodrigues